“El calor” ou “La Calor” – Descubra a forma correta

Se você fala espanhol ou tem contato com povos de vários países, já deve ter ouvido a expressão que se refere ao tempo quente de duas formas distintas: “el calor” & “la calor”.

Aí vem a dúvida: Calor em espanhol é masculino ou feminino?

E a resposta curta e direta é que “calor” é um substantivo ambíguo, ou seja, pode apresentar tanto o artigo masculino como o feminino sem alterar o sentido.

O mesmo também ocorre com outros substantivos em espanhol. Veja alguns exemplos:

el/la sartén
el/la azúcar
el/la maratón
el/la interrogante
el/la mar

E outros.

Na realidade estas são palavras invariáveis já que o gênero não altera o significado.

A diferença está no singular e no plural, já que em espanhol mar no plural fica sempre “los mares” (masculino) e não las mares.

A Nova gramática básica da língua espanhola (2011) indica que a ambiguidade em alguns nomes ou substantivos é permitida em algumas variedades regionais. Isto significa que mesmo o substantivo calor sendo masculino, em algumas regiões se diz “la calor”, forma feminina que não pertence ao espanhol padrão.

O dicionário da Real Academia Española (DRAE) indica que “calor viene del lat. calor, -ōris, también se usa como femenino (U. t. c. f. )”.

Regional não é incorreto

Devemos sempre lembrar que uma língua é uma “unidade relativa”, já que dentro do sistema de um idioma se aplicam várias normas e usos correntes que identificam diferentes grupos étnicos. Deste modo, um sotaque ou uma forma de escrever/falar identifica a procedência geográfica, o nível social e até as variadas circunstâncias em que vive a pessoa.

Os marinheiros, por exemplo, preferem dizer “la mar” em vez de “el mar”.
Na Costa do Peru se utiliza mais a forma “el calor” e na Serra se diz “la calor”.
Na Andaluzia, região da Espanha, se costuma dizer “la sal”, enquanto a vasta maioria dos falantes de espanhol pelo mundo dizem “el sal”.

E por aí vai.

Deixe seu Comentário